PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

Santos precisava vencer. Venceu, mas não foi fácil...

Conteúdo exclusivo para assinantes

Milton Neves

01/08/2021 20h12

Foto: Divulgação/ Santos F.C

Chapecoense 0 x 1 Santos.

Estava na hora do Santos reencontrar o caminho da vitória no Campeonato Brasileiro.

Depois de perder para o Palmeiras, empatar com o Red Bull Bragantino e perder para o Atlético Goianiense, era fundamental que o Peixe voltasse a vencer no Brasileiro.

E foi apertado, diante do time que ocupa a lanterna do certame, a Chapecoense, fora de casa.

O Peixe tirou o zero do placar no final do primeiro tempo, após dominar o time anfitrião.

Madson foi derrubado na grande área catarinense e o árbitro, após consultar o VAR, apitou pênalti.

Carlos Sánchez cobrou e João Paulo, xará do goleiro santista, defendeu.

Porém, em nova intervenção do VAR, o árbitro mandou a cobrança ser repetida, por movimentação irregular do arqueiro da Chape.

Na segunda tentativa Sánchez converteu, ampliando sua marca de melhor artilheiro estrangeiro da história do clube da Vila Belmiro.

Na etapa final, buscando o empate, a Chape esteve perto de alcançar seu intento com Perotti, que aos 25 minutos acertou a trave de João Paulo, que cinco minutos antes havia feito boa defesa.

Nos minutos finais, com um homem a mais (a Chape teve a expulsão de Keiller), o Santos poderia ter sido mais seguro, mas deixou o adversário criar chances.

Com sorte, conseguiu trazer os três pontos de Chapecó. Ufa!

É claro que sem Marinho o time de Fernando Diniz perde muito do seu poder de fogo, mas é preciso melhorar para subir mais na tabela.

OPINE!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.