PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

O Santos não empolga nem quando goleia

Conteúdo exclusivo para assinantes

Milton Neves

28/07/2021 21h20

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Santos 4 x 0 Juazeirense 

No último domingo, quando o Santos perdeu para o Atlético-GO, escrevi neste espaço que a equipe de Fernando Diniz estava como arame liso: até cercava, mas não furava. 

Bem, pelo menos na noite desta quarta-feira, diante do frágil Juazeirense, pela Copa do Brasil, foi diferente.

"Furou" quatro vezes, com Madson, com Lucas Braga, com Marcos Leonardo e com Carlos Sanchez, já no segundo tempo. 

Mas o placar não foi exatamente justo, não (por mais que saibamos que o futebol muitas vezes não é justo). 

É que o Peixe novamente teve posse de bola, muito chuveirinho na área, mas, até o primeiro gol, que só saiu aos 26 da etapa complementar, não conseguia ser efetivo. 

Enquanto a equipe baiana teve duas chances claríssimas de abrir o placar na Vila Belmiro. 

Na primeira, deu sorte que Júnior Timbó mandou para fora. 

Na segunda, o arqueiro João Paulo salvou cara a cara com Kesley. 

Ou seja, o Peixe deu mais sorte que juízo diante da equipe que eliminou o Cruzeiro da Copa do Brasil. 

Obviamente o torcedor santista esperava e espera mais. 

Afinal, a equipe comandada por Diniz não convence nem quando goleia. 

Concorda?

Opine! 

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.