PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

Torcemos mais pela Rayssa no skate do que pela seleção na Copa América

Conteúdo exclusivo para assinantes

Milton Neves

26/07/2021 09h04

Sempre digo por aí que o Brasil tem quatro grande unanimidades: Mané Garrincha, Marcos (o São Marcos), Amaral Coveiro e os bombeiros. 

Mas, pelo menos nas próximas semanas (sim, porque o povo tem memória curta), podemos adicionar um quinto elemento nesta lista. 

Afinal, a simples, simpática e competentíssima Rayssa Leal, fera do skate aos 13 anos (!!!), conquistou o coração dos brasileiros. 

E o que dizer do puro discurso da jovem maranhense após se tornar a medalhista mais jovem da história do Brasil em Olimpíadas? 

De uma simplicidade que emocionou a todos!

Ah, e não é nenhum exagero dizer que os brasileiros até torceram mais pela Rayssa na final do skate do que pela seleção de Tite na decisão da Copa América, não é verdade?

E a pergunta que não quer calar nas redes sociais: e você, aos 13 anos, ganharia medalha em qual modalidade?

Eu, por exemplo, era fera apenas na sinuca, que jogava (e jogava muito mesmo!) na Sinuca do Chico, nos Baixos do Automóvel Clube de Muzambinho-MG.

Em 2018 na Cidade do Galo, relembrando minhas tacadas na Sinuca do Chico, nos Baixos do Automóvel Clube de Muzambinho-MG. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

E você?

E viva Rayssa Leal, o novo xodó do Brasil! 

E vejam que bom gosto tem a nossa "Fadinha" do Skate. E andam dizendo por aí que nenhum corintiano volta do Japão sem medalha. E não é que é verdade?

Opine! 

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.