PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Blog do Milton Neves

Quem tem menos moral para reclamar do apito: Fla, Timão ou Boca?

Milton Neves

21/07/2021 09h21

Nossa, que choradeira lá na Argentina, não é mesmo?

Os torcedores do Boca Juniors estão indignados com a eliminação da equipe da Libertadores da América, diante do fortíssimo Galo. 

E muitos estão tratando as polêmicas da arbitragem – sim, polêmicas, porque o VAR, que até errou na Argentina, querendo ou não, acertou no Mineirão – como o maior escândalo da história da Libertadores. 

Ah, meus amigos, logo os torcedores do Boca falando uma enorme bobagem como essa… 

Será que eles se esqueceram do que fez Ubaldo Aquino contra o Palmeiras em 2001?

Ou da vergonhosa operação promovida por Carlos Amarilla contra o meu querido e amado Corinthians em 2013?

Ora, esses dois exemplos foram, sim, grandes escândalos da história da Libertadores da América. 

O que aconteceu nas oitavas de final contra o Atlético foi o seguinte.

Os torcedores do Boca estão acostumados com a seguinte "regra" da arbitragem: na dúvida, os homens do apito favorecem a equipe argentina. 

Só que dessa vez as decisões, nada escandalosas e no máximo polêmicas, foram pró-Galo. 

Por isso o chororô…

Ah, vá tomar banho na soda, sô! 

E vai chorar na cama que é lugar quente, e aí em Buenos Aires deve estar um frio de lascar. 

Bem, e a pergunta que não quer calar agora é a seguinte.

Quem tem menos moral para reclamar do apito: o Corinthians, o Flamengo ou o Boca? 

Opine! 

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.