PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

Assim como Romário, você também acha que Tite está atrapalhando a seleção?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Milton Neves

12/07/2021 09h35

Tivemos no dia 11 de julho de 2021 um "Domingo Esportivo Bandeirantes" histórico, sem dúvida alguma. 

Afinal, foi a primeira vez que eu consegui entrevistar o grande Romário. 

É que, assim como costumava driblar os zagueiros, o Baixinho também finta os produtores de TV e de rádio como poucos. 

Mas sorte da Rádio Bandeirantes que o "zagueirão" Guilherme Cimatti, um Luís Pereira na arte de correr atrás de grandes gênios da bola, tanto insistiu que o genial camisa 11 decidiu falar conosco na manhã de ontem. 

E que entrevista fizemos com o herói do tetra por quase uma hora…

Bem, e visivelmente o Baixinho anda insatisfeito com Tite no comando técnico da seleção brasileira. 

Durante o nosso bate-papo, inclusive, ele disso que o treinador gaúcho está atrapalhando o escrete canarinho.

"Se você me perguntar: ´o Tite teria que sair?´. Nós estamos próximos de uma Copa do Mundo, será difícil colocar um treinador que possa dar uma cara diferente para a seleção taticamente falando. Mas hoje é muito difícil seguir com o Tite. Pelo que tenho visto o Tite e sua comissão estão definidos num esquema que não está dando resultado. Por mais que eu veja que não tem muito tempo hábil para outro treinador, o Tite no momento está meio que atrapalhando a seleção e o Brasil precisa dar um jeito de melhorar porque a Copa do Mundo é logo ali", disse o sempre sincero Romário. 

Já ao falar de Neymar, Romário não poupou elogios ao camisa 10 da seleção brasileira. 

No entanto, ressaltou que o futebol atual é muito diferente, e que apenas um jogador diferenciado em uma equipe não consegue vencer partidas e Copas sozinho. 

"O Neymar para mim tem todos os fundamentos que um grande craque pode ter. Finaliza bem, se posiciona bem, participa bastante do jogo. Só que o futebol de hoje é muito diferente da minha época e você precisa ter participação coletiva de todos (…). tenho o Neymar hoje como um dos maiores jogadores do futebol mundial no momento e que faz um grande papel no Paris Saint-Germain e na seleção, mas o futebol de hoje não tem mais a condição de um jogador sozinho fazer diferença se não tive ao seu lado mais dois ou três que possam dar um suporte tático e técnico. A forma como a seleção joga é muito estranha e isso atrapalha o jeito do Neymar jogar", comentou o Baixinho. 

E Romário também escalou o seu top 5 do futebol mundial em todos os tempos.

Ah, e claro, fez questão de colocar o seu nome nesta lista. 

"Vou dizer seis (maiores de todos os tempos): Pelé, Maradona, Messi, Ronaldo, Romário e Cristiano Ronaldo. Vamos tirar o Pelé desse mundo. Aí dos cinco, o Maradona vem em primeiro e os outros quatro vocês escolhem aí!", elegeu Romário. 

E, no player abaixo, você ouve esta incrível entrevista concedida pelo sempre autêntico e sincero Baixinho:

E você, concorda com ele?

Acha que Tite está atrapalhando a seleção? 

Opine! 

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.