PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Blog do Milton Neves

O apito, sempre amigo do Brasil, operou vergonhosamente a Colômbia!

Milton Neves

23/06/2021 23h02

Brasil 1 x 1 Colômbia

Lembram daquele Palmeiras 2 x 2 Santos de 1983, quando o bom árbitro José de Assis de Aragão literalmente marcou o gol de empate do Verdão ao desviar um chute de Jorginho? 

Bom, e não é que o argentino Néstor Pitana fez quase igual hoje no estádio Nilton Santos, no duelo entre Colômbia e Brasil?

Os colombianos merecidamente venciam a partida até os 32 minutos do segundo tempo, quando Pitana deu belíssima assistência para Renan Lodi, que cruzou na cabeça de Firmino, que empatou o duelo. 

O lance, obviamente, deveria ter sido anulado por causa da nova recomendação da Fifa. 

O "apitador" deixou de ser um ponto neutro, e quando a bola pega nele, o jogo deve ser paralisado, o que não aconteceu. 

Mas o que aconteceu mesmo foi um golaço da Colômbia no primeiro tempo, marcado por Luis Díaz, meio que de bicicleta, meio que de voleio. 

Talvez o gol mais bonito do ano!

E o que vimos depois também foi o time de Tite com muitas dificuldades para criar diante de uma defesa forte e bem postada. 

Olha, se passou esse sufoco contra Colômbia, imagina na Copa… 

A virada veio, é verdade, com o gol de Casemiro aos 54 minutos do segundo tempo.

Mas se não fosse a enorme ajuda da arbitragem…

E não há o que se falar de Neymar com a bola rolando.

Mas sua forma de se relacionar com os adversários irrita até quem está torcendo por ele.

Foi muito feio ver o craque do PSG rindo e provocando os colombianos enquanto o árbitro consultava o VAR para dar ou não o primeiro gol do Brasil.

Não à toa ele é tão caçado em campo.

Ninguém manda provocar tanto…

Mas e você, amigo internauta, o que achou da vitória entre Brasil e Colômbia?

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.