PUBLICIDADE
Topo

Dérbi que não deveria ter acontecido ficou sem vencedor. Todos perderam!

Milton Neves

03/03/2021 21h00

Foto: Reprodução/Twitter

Corinthians 2 x 2 Palmeiras

Debaixo de um dilúvio em Itaquera, o Dérbi terminou empatado.

Com superioridade, o Palmeiras abriu dois gols de frente no primeiro tempo, com Lucas Lima e Gabriel Silva, que fez seu primeiro tento com a camisa alviverde.

Ainda na etapa inicial, Mateus Vital descontou para o Alvinegro.

E não é que o Timão amplamente desfalcado chegou à igualdade?

Em seu segundo jogo como profissional, Rodrigo Varanda marcou logo no começo do segundo tempo.

A verdade é que este Dérbi não poderia ter acontecido.

Com os "trocentos" casos de covid-19 diagnosticados na terça-feira, o mais sensato seria adiar a partida.

Não apenas esta, mas todas, infelizmente.

A pandemia, como venho dizendo, esta segunda onda, ganhou dimensão de oceanos Atlântico, Pacífico, Índico, Mar Mediterrâneo, rios e todos os "corguinho" do mundo juntos.

O treinador Arrigo Sacchi imortalizou uma frase que repito à exaustão, de que "o futebol é a coisa mais importante entre as menos importantes".

Neste momento, não há outro jeito, senão parar para que possamos continuar depois.

Vivos!

Em campo deu empate, mas na verdade todos perderam, exceto a árbitra Edina Alves Batista, primeira mulher que arbitrou um Dérbi. E foi muito bem!

OPINE!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.