PUBLICIDADE
Topo

O Fla é hepta com as ‘calças na mão’ e com a força do apito-amigo!

Milton Neves

25/02/2021 23h46

Gente, que VARGONHA!

De novo, né?

Depois de ser operado escandalosamente no Maracanã no último domingo, o Internacional teve que jogar nesta decisiva noite contra 13. 

Sim, enfrentou 11 jogadores do Corinthians e dois… árbitros!!!

Já tinham visto isso?

Pois é, um no Beira-Rio e outro no Morumbi. 

Mas o pior mesmo foi o "apitador" do Sul!

Wilton Pereira Sampaio anulou simplesmente DOIS GOLS LEGAIS e cancelou um pênalti claro que ele tinha marcado pró-gaúchos.

Vergonhoso! Absurdo! Indecente! 

Enquanto isso, no Morumbi, o árbitro também sonegou um pênalti claríssimo pró-São Paulo. 

Um dos mais claros dos últimos tempos!

Mas esse não fez falta, já que mesmo assim o incompetente e pipoqueiro Fla conseguiu perder para este totalmente apático Tricolor, que foi derrotado até mesmo pelo Botafogo!

Foi o título menos merecido e mais xexelento da história do Campeonato Brasileiro!

Tanto que, na "festa da taça", os jogadores rubro-negros estavam com um enorme sorriso amarelo estampado em seus rostos. 

Claro, porque, assim como em 2005, todo mundo sabe que o "campeão moral" é o Internacional!

Que vergonha, gente…

E eu que cheguei a pensar que com o VAR estaríamos livres de presepadas como essas…

Fui muito inocente, confesso.

Bem, mas fico feliz pelo vencedor Rogério Ceni. 

Ele que deve seguir por muito tempo ainda na Gávea, ganhando muito mais títulos que o tal Jesus que inventaram por lá em 2019. 

Quem garantiu isso foi Marcos Braz, em entrevista concedida a mim, a Guilherme Cimatti e a Alexandre Praetzel na Rádio Bandeirantes nesta noite.

Agora, com o título, o professor certamente ficará ainda mais prestigiado!

Bom, e não custa repetir: que VARGONHA, Flamengo!

E "parabéns" pelo título MENOS MERECIDO DA HISTÓRIA DO BRASILEIRÃO!

Ah, e é HEPTA, sim!

Porque 1987 é do SPORT!!!

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.