PUBLICIDADE
Topo

Você faz questão que seu time jogue o próximo Estadual “para valer”?

Milton Neves

24/02/2021 11h58

Antigamente, não existia nada mais importante no futebol brasileiro do que ganhar o Estadual. 

Falo muito, mas muito sério! 

Um título paulista, nos anos 50 e 60, era mais comemorado do que uma campanha vitoriosa na Taça Brasil ou no Torneio Roberto Gomes Pedrosa.

Vale lembrar até que, em 1976, quando o Corinthians chegou à final do Brasileiro  daquele ano contra o Inter, os rivais diziam à época que vencer o Nacional não livraria o Timão do jejum de títulos, que já durava desde 1954. 

Para isso, era preciso vencer o importante Campeonato Paulista (o que aconteceu no ano seguinte). 

Hoje em dia, é claro, a situação mudou drasticamente. 

Os clubes tratam o Estadual como "patinho feio", espécie de pré-temporada para seus atletas. 

Só vale mesmo quando dos clássicos, que servem até para derrubar alguns treinadores Brasil afora. 

Bem, e se os Estaduais já eram tratados com desdém por nosso clubes, o próximo promete ser ainda mais "sem sal".

Isso, claro, por causa do calendário apertadíssimo que teremos para a temporada 2021. 

Vale lembrar, por exemplo, que os times brasileiros classificados para a pré-Libertadores já começarão no início do mês que vem as suas "sagas" na dura competição continental.

Uma maratona que promete minar todos os elencos nacionais, dos mais recheados aos mais limitados.

Por tudo isso, amigo internauta, agora eu quero saber a sua opinião. 

Você faz questão que seu time jogue o próximo Estadual "para valer"?

Ou prefere que seu clube de coração use esses jogos regionais apenas para testes?

Opine! 

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.