PUBLICIDADE
Topo

Deixe o Fla em paz, Jorge Jesus! O campeão Ceni não sai!

Milton Neves

23/02/2021 18h05

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Ah, minha gente, estava tão na cara que essa volta de Jorge Jesus para Portugal não daria certo, mas tão na cara… que não deu mesmo! 

E não foi por falta de aviso, hein?

Ele, em julho do ano passado, pensando ser o "Novo Rinus Michels" após ganhar tudo com o monumental time do Flamengo, "mandou embora" de sua vida o Rubro-Negro e voltou correndo para Portugal, onde reassumiu o Benfica. 

Talvez, naquele momento, ele tenha esquecido que, alguns meses antes, rejeitado pelos clubes da Europa, estava se oferecendo aqui no Brasil para o Vasco da Gama e para o Atlético-MG, até que o Mengão pintou no seu caminho e foi a melhor coisa que aconteceu em sua vida profissional. 

Pois agora, na corda bamba lá no Benfica, que tem colecionado vexames sob o seu comando, Jorge Jesus tem sinalizado a pessoas próximas que deseja voltar voltar à Gávea. 

Pô, mas bem agora, JJ?

Agora que o clube voltou a jogar bem e está com uma mão e meia na taça do Brasileirão?

Tenha dó, né?

Pois saiba que o Rubro-Negro, depois da aventura com Domènec Torrent, engrenou nas mãos de Rogério Ceni, o melhor técnico brasileiro da atualidade. 

E ele, que será campeão brasileiro na próxima quinta-feira, tem tudo para ficar por muitos e muitos anos na Gávea, conquistando por lá como técnico tantas taças quanto faturou como goleiro do São Paulo. 

E ponha isso na sua cabeça, Mister: você deve muito mais ao Flamengo do que o Rubro-Negro deve a você!

Portanto, deixe o Mengão em paz com o vencedor Rogério Ceni!

E saiba também que você só tem a perder se voltar.

Pois a chance de você provar em uma segunda passagem que deu muita sorte na primeira é ENORME!

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.