PUBLICIDADE
Topo

Você trocaria o atual técnico do seu time por Tite?

Milton Neves

17/11/2020 08h00

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Em uma análise fria, os números não são ruins.

Pelo contrário, são excelentes!

Até o momento, sob o comando de Tite, a seleção brasileira realizou 51 jogos, com 37 vitórias, 10 empates e apenas quatro derrotas.

Nesses 51 compromissos, o escrete canarinho marcou nada menos que 110 gols, enquanto sofreu apenas 19.

Mas, então, o que leva o torcedor a ter tanta birra do atual técnico da seleção brasileira?

O motivo é muito simples.

O torcedor não quer simplesmente ganhar de uma Venezuela no sufoco por apenas 1 a 0, como aconteceu na sexta-feira.

Isso não basta para ele.

O cara que gosta de futebol, quando acompanha um jogo da seleção, onde ele sabe que teoricamente estão os melhores jogadores do Brasil, quer ver show, espetáculo e um time jogando para frente.

Ele não quer ver uma equipe burocrática, pobre de ideias e sofrendo barbaridade mesmo quando enfrenta rivais infinitamente inferiores.

Concordam?

Bom, e quero aproveitar que estamos falando do atual técnico da seleção para fazer uma pergunta a vocês.

Se tivesse esse poder, você trocaria o atual técnico do seu time por Tite?

Uruguai x Brasil

Bom, e hoje a seleção brasileira volta a jogar pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

E em Montevidéu, contra o Uruguai, que enfiou nada menos que 3 a 0 na Colômbia fora de casa na última rodada.

Xiiiii…

Sei não, hein?

Pelo visto, o time de Tite tem tudo para perder os 100% de aproveitamento nas Eliminatórias nesta noite.

Vamos então ao meu palpite?

Uruguai 2 x 0 Brasil.

E você, amigo internauta, o que espera da seleção brasileiro no jogo de logo mais?

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.