PUBLICIDADE
Topo

Itaquera virou 'parque de diversões' dos rivais

Milton Neves

29/10/2020 10h08

Tem sido difícil para os corintianos pegarem no sono nas noites de quarta-feira, não é verdade?

É vexame atrás de vexame do time do Parque São Jorge.

Ou melhor, da Neo Química Arena.

E é incrível como, neste tenebroso 2020, o Alvinegro tem se dado mal por lá.

Antes, o bordão era "Caiu em Itaquera, já era".

Hoje está mais para "Caiu em Itaquera, o corintiano se desespera".

Ou "Caiu em Itaquera, o rival vai para a galera".

De acordo com o levantamento realizado pelo site "Meu Timão", nesta temporada, o Corinthians disputou 18 jogos em casa, com sete vitórias, sete empates e quatro derrotas.

Um pífio aproveitamento de 51,85%.

Aproveitamento este que já foi de 80% em 2015, com 26 vitórias, seis empates e três derrotas em 35 partidas.

E esse péssimo desempenho se deve a dois importantes fatores.

O primeiro é que o time é muito, mas muito ruim mesmo!

E isso ninguém pode negar.

E tem o ponto também que a maravilhosa torcida corintiana carrega, sim, o seu time nas costas em momentos difíceis.

por causa da pandemia, o Timão tem jogado sem o seu 13º jogador (o 12º, claro, é o apito).

E o duelo contra o América provou que, se o Alvinegro estivesse na Série B neste ano, não conseguiria subir para a Série A.

Ou seja, é melhor fazer das tripas coração para não ser rebaixado, viu?

Caso contrário, correrá sério risco de acabar como o terceiro time de Minas, hoje comandado por Felipão.

E, pensando bem, não é que o Corinthians é o Cruzeiro da Série A?

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.