PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras 'já passou', enquanto Fla e Inter correm sérios riscos na Liberta

Milton Neves

23/10/2020 12h55

Uma sexta-feira para lá de movimentada no mundo do futebol.

Além do aniversário de Pelé e da convocação da seleção brasileira, tivemos nesta manhã também o sorteio das oitavas de final da Libertadores da América.

E teremos bons duelos nesta fase do torneio continental, hein?

Veja abaixo como ficaram os confrontos e as minhas apostas para cada um deles.

Grêmio x Guaraní – Fácil, fácil para o Grêmio… Afinal, o Tricolor gaúcho não é o Corinthians para apanhar do fraquíssimo time paraguaio.

Nacional x Independiente Del Valle – O Nacional já foi o melhor time da América do Sul, mas, hoje em dia, teria dificuldades até mesmo na Série B do Brasileirão. Por isso, aposto no forte Del Valle de Ramirez.

Palmeiras x Delfín – Como é "largo" o Verdão, hein? Assim como o Grêmio, também "já passou".

Boca Juniors x Internacional – Complicado para o Inter… Se continuar oscilando como no Brasileirão, vai acabar caindo.

Flamengo x Racing – O Mengão que não se iluda com a lotérica goleada diante do escancarado Corinthians. A vitória suada contra o Goiás e o empate diante do Bragantino provam que a fase rubro-negra não é das melhores. Por isso, chances grandes de o Racing passar.

Jorge Wilstermann x Libertad – Nessa vai dar Jorge Wilstermann pelo quesito "nome mais bonito" (risos).

River Plate x Athletico-PR – Complicado para o Furacão… Vai dar River, e com facilidade.

Santos x LDU – O Santos também se deu mal. Mas, se continuar voando com Marinho e cia., avança!

E você, amigo internauta, o que achou do sorteio da Libertadores?

Quem se deu bem?

E quem se deu mal?

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.