PUBLICIDADE
Topo

Histórico

A 'mística da Libertadores' acabou e o SP virou sinônimo de fracasso

Milton Neves

22/09/2020 23h23

Foto: Rubens Chiri/SPFC

LDU 4 x 2 São Paulo

É aquela velha frase manjada, mas que se encaixa muito bem ao desempenho do São Paulo nesta noite: sobrou altitude e faltou atitude aos tricolores diante da LDU.

É inaceitável que um time do tamanho do São Paulo, que já foi o maior da América do Sul, vá até Quito para fazer um papelão como esse!

Em momento algum da partida o torcedor são-paulino teve a impressão de que seu time pudesse voltar para o Brasil com três pontos na bagagem.

Pelo contrário, o medo era que a LDU seguisse fazendo gols com extrema facilidade diante de um sistema defensivo completamente perdido e desorganizado.

É triste dizer isso, mas o São Paulo, que já teve a mística da Libertadores, hoje virou sinônimo de fracasso.

E o que comprova isso é que eu não conheço um são-paulino que fique bravo com esta afirmação.

O motivo é óbvio: até eles concordam.

Agora, vejamos as cenas dos próximos capítulos.

Mas, para mim, Diniz perdeu na altitude de Quito o pouco que lhe restava de fôlego.

E que o São Paulo tenha agora sorte na Sul-Americana, porque na Libertadores a vaca já foi para o brejo.

E você, amigo internauta, o que achou do tropeço do São Paulo contra a LDU?

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.