PUBLICIDADE
Topo

Paulistas não assustam, mas canto do Galo já está tirando o sono do Fla

Milton Neves

07/08/2020 04h00

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

O Flamengo, que já cumpriu a sua missão vencendo o Carioca – jogando pouca bola, é verdade -, agora assiste de camarote aos derradeiros duelos dos demais estaduais.

Sob nova direção, o Rubro-Negro, claro, quer saber quem poderá dar trabalho no Brasileirão.

Bom, acompanhando a reta final do Paulista, os flamenguistas riram à toa com as precoces quedas de Santos e São Paulo.

E, pelo que demonstraram nos últimos jogos, Corinthians e Palmeiras também não estão conseguindo botar medo em ninguém.

No Sul, o Inter evoluiu, mas passa longe de aparecer como candidato ao título do Brasileirão.

O Grêmio é sempre perigoso, é verdade.

Mas, nos anos anteriores, com times melhores, não conseguiu sucesso no Nacional, logo não será agora que conseguirá.

Mas tem, sim, um certo time, em um certo estado, deixando os flamenguistas de cabelo em pé.

E é claro que estou falando do Clube Atlético Mineiro, o maior de Minas Gerais.

O Galo de Sampaoli está, para desespero rubro-negro, evoluindo e começando a dar show.

Desde o retorno do Estadual, o time comandado pelo "louco", mas genial técnico argentino já vinha demonstrando um crescimento significativo

E o "passeio" da última quarta-feira, diante do América, o segundo time de Minas, deixou o Brasil inteiro de boca aberta.

E os flamenguistas, claro, com a pulga atrás da orelha.

Afinal, se alguém ainda duvidava que o Galo conseguiria rivalizar com o Mengão neste ano, certamente não duvida mais depois de ver o que o Maior de Minas tem feito na reta final do Estadual.

É bom que o tal Domènec, o "Murtosa do Guardiola", não estrague o excelente trabalho feito por Jorge Jesus na Gávea, viu, flamenguista?

Porque, se o Mengão dormir no ponto, o Brasileiro voltará para as mãos de seu primeiro campeão.

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.