PUBLICIDADE
Topo

Dérbi na final seria um pesadelo para o Palmeiras

Milton Neves

31/07/2020 09h26

Rodriguinho comemora seu gol na final do Paulista de 2018. Foto: Ag. Corinthians

Quantas zebras nas quartas de final do Paulista, hein?

A maior, claro, foi a eliminação do São Paulo para o Mirassol.

O Santos foi uma, digamos, zebrinha.

Por mais que a camisa pese, estava meio que na cara que o Peixe não iria longe na competição.

E, quase tão robusta quanto a zebra são-paulina, foi a classificação do Corinthians diante do ótimo Red Bull Bragantino, e com um placar até que confortável.

Pois é, e essa inesperada vaga conquistada pelo Timão acendeu o alerta da possibilidade de um novo Dérbi na decisão do Paulista.

Assim como em 2018.

E, se de fato acontecer, novamente com o último jogo no Allianz Parque.

Francamente, conversando com amigos palmeirenses, percebo um certo temor por parte deles diante desta possibilidade.

Afinal, vencendo o rival neste provável Dérbi decisivo, o Alviverde não teria feito mais do que a sua obrigação.

Mas, em caso de derrota para este fraquíssimo Corinthians, a situação se tornaria um verdadeiro inferno.

Aí, a pressão da torcida poderia render uma caça às bruxas, tanto no elenco quanto na comissão técnica, o que atrapalharia a preparação do Verdão para o Brasileiro.

E, acompanhando o histórico de recentes fracassos alviverdes diante do maior rival, no momento, o melhor é torcer para que o Mirassol evite que este pesadelo se concretize.

Não é verdade?

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.