PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Já são 18: Brasil tem tudo para quebrar o recorde de anos sem ganhar Copa

Milton Neves

30/06/2020 04h00

Parece que foi ontem, mas nesta terça-feira (30) faz exatamente 18 anos do maravilhoso penta de 2002.

O Mundial de Rivaldo, na minha opinião o melhor do torneio; de Ronaldo, que maravilhou o mundo mesmo com o seu sofrido joelho; de Cafu, o capitão 100% Jardim Irene; de Felipão, alcançando o auge de sua carreira como técnico; e de tantos outros destaques daquela campanha inesquecível.

Pois é, meus amigos, e pensar que esse foi o último momento de brilho da nossa seleção.

De lá para cá, fracassos acumulados pelo oba-oba em 2006, pela cabeça dura de Dunga em 2010, pela burrice-recorde do próprio Felipão em 2014 e pela perda de rumo do time de Tite em 2018.

Do Japão e Coréia até a Rússia foram quatro Copas disputadas, sendo que não chegamos sequer perto da taça em nenhuma delas.

Por isso e por perceber que a fase não mudará tão cedo, arrisco aqui um palpite: a seleção brasileira baterá o recorde de anos sem vencer a Copa do Mundo.

É o seguinte: desde que ganhou o seu primeiro Mundial, em 1958, o máximo que o escrete canarinho ficou sem conquistar o torneio foi no período entre 1970 e 1994 (como ainda não tinha vencido nenhuma Copa, o período de 1930 a 1958 não conta).

Ou seja, 24 anos.

Bom, e hoje faz 18 do último título, conquistado em 2002.

Na Copa do Catar, de 2022, serão 20 anos e pouquíssimas chances teremos, principalmente se o apático e perdido Tite seguir no comando.

E no Mundial que será disputado nos Estados Unidos, Canadá e México, em 2026, quando o Brasil completará os mesmos 24 anos que ficamos sem Copa entre 1970 e 1994, a tarefa será ainda mais complicada.

Afinal, esta será a primeira Copa do Mundo com… 48 (!!!) seleções participantes.

Se já está difícil com 32…

Ou seja, meio que exagerando um pouquinho, mas o Brasil vencendo Copa do Mundo está na base do "quem viu, viu. Quem não viu, não vê mais".

Uma pena…

E viva os heróis de 2002, que proporcionaram ao povo brasileiro a última alegria que tivemos com a nossa seleção.

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.