PUBLICIDADE
Topo

Vicente Matheus faria hoje 112 anos! E que falta ele faz ao Timão!

Milton Neves

28/05/2020 16h02

Buffet França, São Paulo, 1992: Marlene e Vicente Matheus homenagearam Milton Neves pela frase "Corinthians: Nada é mais bonito". Sentado à mesa está o ex-presidente da Federação Paulista, Eduardo José Farah. O apresentador do evento foi Ney Gonçalves Dias

Há exatos 112 anos, em Zamora, Espanha, nascia um dos maiores corintianos da história.

Sim, tem gente que não sabe, mas o histórico e folclórico presidente alvinegro Vicente Matheus não nasceu no Brasil, mas na Espanha, dois anos antes da fundação de seu Corinthians.

Desembarcou em solo tupiniquim muito jovem e por aqui conheceu as duas grandes paixões de sua vida: dona Marlene, sua eterna esposa, e o clube do Parque São Jorge.

Matheus comandou o Corinthians em quatro mandatos, e durante sua longa trajetória à frente do Alvinegro conquistou importantes títulos, como o de 1977 (Paulista) após o longo jejum que durava desde 1954, e o primeiro Campeonato Brasileiro, o de 1990.

Além disso, presidiu indiretamente o clube no período em que sua esposa Marlene Matheus (1936 – 2019) ganhou as eleições, pois ele não estava apto a competir por estar com dois mandatos consecutivos.

E Matheus, quando de entrevistas, dava as suas escorregadas, é verdade.

Quem não se lembra de pérolas como "o Sócrates é inegociável, invendável e imprestável", "quero agradecer à Antarctica, pelas Brahmas que mandou de graça pelo nosso aniversário", "minha gestação foi a melhor que o Corinthians já teve", "esse é um resultado que agradou gregos e napolitanos", "peço aos corintianos que compareçam às urnas para naufragar nossa chapa" ou "haja o que hajar, o Corinthians vai ser campeão"?

E também é impossível esquecer o "chapéu" que o competente corintiano deu nos cartolas são-paulinos quando conseguiu levar Sócrates para o Parque São Jorge.

É, bons tempos em que os dirigentes faziam realmente de tudo por seus clubes, até tirar dinheiro do próprio bolso para cobrir um ou outro rombo.

Olha, e pensando bem, que falta faz um Vicente Matheus na vida do Timão e das demais agremiações hoje em dia, não é mesmo?

Abaixo, veja "milhares" de fotos de Vicente Matheus:

Em foto de 1977, Vicente Matheus aparece entrando em sua Mercedes 450 SL conversível. Foto: Reprodução/Veja

 

No badalado restaurante Terraço Itália, no centro de São Paulo, Jordão Bruno Saccomani, a elegante Marlene Matheus, pessoa não identificada e Vicente Matheus, nos anos 70. Foto: arquivo pessoal de Gustavo Saccomani

 

Luiz Américo conversa com Vicente Matheus

 

Vicente Matheus observa os atletas corintianos no vestiário. Entre eles, o primeiro sentado, da esquerda para a direita, é Valmir, enquanto Rafael está atrás dele, em pé, com a camisa de manga longa, enfaixando o pé, Homero e sem camisa, Roberto Belangero. Foto do arquivo pessoal do ex-lateral Valmir

 

Da esquerda para a direita, Vicente Matheus (o segundo e em pé) cumprimenta Marcos. Foto: Arquivo pessoal

 

Aqui, no centro da foto, vemos Vicente Matheus (de terno e gravata), Palhinha (segurando uma pequena bolsa) e o repórter Chico Lang (acima do ombro de Palhinha, de bigode). Foto enviada por Renato Meneses Fernandes

 

Na imagem, Sócrates aparece abraçado com o lendário Vicente Matheus. Foto: Placar

 

Veja o anúncio da pavimentadora do grande ex-presidente do Timão. O curioso é que a propaganda foi veiculada na ediçao de janeiro de 1961 da Revista do Palmeiras. Foto: Reprodução

 

Vicente Matheus à esquerda da foto com fã fazendo o sinal de positivo. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, Vicente Matheus é o segundo e Ciro Fontão é o último, ambos sentados. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, Ciro Fontão é o segundo, Vicente Matheus é o terceiro, Januário D´Aléssio é o quarto e Tony José é o último. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, o irmão de Vicente Matheus, Isidoro Matheus é o segundo sentado. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus entrega homenagem ao convidado. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus, ex-presidente do Corinthians, na quadra de futebol de salão do clube. Foto: Sarkis

 

Posando com os garotos tricampeões, da esquerda para a direita, Feliz Lacava é o quarto, Alberto Dualib o quinto, Vicente Matheus o sexto e Henrique Alves o Sétimo. Foto: Sarkis

 

Na foto da equipe que conquistou o tricampeonato do campeonato de futebol de salão Metropolitano, da categoria infanto-juvenil, o terceiro em pé, da esquerda para a direita é Vicente Matheus, seguido por Henrique Alves, Alberto Dualib e o sétimo é Feliz Lacava. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, Vicente Matheus é o quarto do lado esquerdo de diregente tricolor. Foto: Sarkis

 

Sentados à mesa três grandes homens da história do Corinthians, da esquerda para a direita, o primeiro de blazer azul e camisa semi-aberta é o craque Sócrates, seguido por Palhinha, que ostentava um belo terno cinza, e o quarto é o saudoso ex-presidente do Timão, Vicente Matheus. Foto: Sarkis

 

Ao fundo, vemos Feliz Lacava com um largo sorriso. À frente da foto está Vicente Matheus, abraçado com dois craques do futebol de salão. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, o primeiro é Jenner Negrão, Pedro Yácono é o segundo, Vicente Matheus é o quarto e Ciro Fontão o último. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, Carlos Miguel Aidar é o quinto em pé e Vicente Matheus é o sétimo sentado. Foto enviada por Celso Grellet

 

Túlio é o quarto jogador em pé. Foto enviada por Waldevir Bernardo.

 

Entre dirigentes e jornalistas, estão da esquerda para a direita: Ciro Fontão (o segundo), seguido pelo ex-presidente do Corinthians Vicente Matheus, Januário D´Aléssio e Tony José (o último). Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, Ciro Fontão é o segundo, presenteando o amigo Pedro Yácono, que é seguido por Jenner Negrão, e Vicente Matheus é o oitavo, com homenagem na mão. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, o primeiro é Jenner Negrão, Pedro Yácono é o segundo, Vicente Matheus é o quarto e Ciro Fontão o último. Foto: Sarkis

 

Taça das grandes para a turma do futsal corintiano e Vicente Matheus aproveitou para fazer uma brincadeira, agachando-se. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus em noite de premiação do futsal no Parqu São Jorge. Foto: Sarkis

 

Entre dirigentes e jornalistas, estão da esquerda para a direita: Ciro Fontão (o segundo), seguido pelo ex-presidente do Corinthians Vicente Matheus, Januário D´Aléssio e Tony José (o último). Foto: Sarkis

 

À esquerda, Neto levanta a taça do campeonato nacional, ao lado do presidente Vicente Matheus. Atrás dele, está o ex-diretor do Corinthians Antoine Gebran. Foto: Rede Social

 

Da esquerda para a direita, Vicente Matheus é o primeiro, Ciro Fontão é o terceiro e Sérgio Barbour é o quarto, sentados à mesa. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus à direita da foto presenteia atleta com troféu. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus à direita da foto abraça menino que fora premiado pela Federação Paulista de Futsal. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus (centro) com esposas de jogadores na década de 80, na premiação da Federação Paulista de Futsal. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus entrega troféu a menino em noite de premiação da Federação Paulista de Futsal. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, sentado vemos Vicente Matheus (o segundo) conversando com amigo que está apresentando garoto e Ciro Fontão (o último) olhando para baixo. Foto: Sarkis

 

Nesta maravilhosa imagem da década de 80, Vicente Matheus posa para foto com dois jovens atletas, que foram premiados pela Federação Paulista de Futsal com o Troféu Tênis de Ouro. Foto: Sarkis

 

O mais carismático presidente da história do Timão Vicente Matheus cumprimenta convidado, na premiação que aconteceu na década de 80. Na frente do terno dele, é possível observar um pedaço da cabeça de José Maria Marin, que na época era o presidente da Federação Paulista de Futebol. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, dona Elisa (fanática torcedora do Corinthians) falando no microfone é a terceira, Marlene Matheus é a quinta gargalhando, Vicente Matheus é o sétimo observando bolo e Roberto Pasqua (de perfil e com copo na mão) é o nono. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, dona Elisa (torcedora símbolo do Corinthians) é a segunda, Marlene Matheus é a sexta, Vicente Matheus é o oitavo e Roberto Pasqua (de perfil e parcialmente encoberto) é o décimo com copo na mão. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, dona Elisa (torcedora símbolo do Timão) é a primeira, Vicente Matheus é o quarto, Marlene Matheus sempre com um sorriso no rosto é a quinta e Roberto Pasqua é o sétimo conversando com amigo. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, Vicente Matheus é o terceiro, Marlene Matheus é a quarta e Roberto Pasqua (de terno preto e copo na mão) é o sétimo. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, em pé está Vicente Matheus (o quarto), abraçado com jogadores que foram premiados por fazerem um bom campeonato de futsal. Foto: Sarkis

 

Da direita para a esquerda: Ciro Fontão é o segundo, Sérgio Barbour é o terceiro, Vicente Matheus aparece em quarto, seguido por Marcinho (de camisa de bolinhas), Medina é o sétimo e o goleiro Plata é o nono. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus à direita da foto e abraçado com amigo. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, Vicente Matheus é o terceiro. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, Peirão de Castro é o segundo e Vicente Matheus é o terceiro. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus em mais uma solenidade: jamais será esquecido. Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus está ao centro. Foto: Sarkis

 

Noite de festa, em um dos muitos jantares festivos no Parque São Jorge. Nem precisaria identificar, mas para não passar em branco, o saudoso e querido Vicente Matheus é o quinto, da esquerda para a direita. Foto: Sarkis

 

No ginásio do Parque São Jorge, com os garotos do infantil de futebol de salão do Corinthians. Vicente Matheus, no centro da foto, está ao lado do político Francisco Rossi. À direita, a querida Elisa, eterna torcedora símbolo do Timão. Foto: Sarkis

 

Da esquerda para a direita, em pé: Rafael Garcia (o primeiro), Feliz Lacava (segundo), Dr. Ramis (terceiro) Zé Italiano (o quarto), Regiane, (quinto) Roberto Pasqua (o sexto, ao fundo), Miranda (sétimo), Fábio (oitavo), Eugenio (nono) Waldemar Pires (o décimo), Ferdinando Nastari (o décimo primeiro) e Molina (décimo segundo). Agachados: Sérgio, Dr. Geraldo, Luqui, Vicente Matheus (o quarto), Pastore, Borbola e Sérgio Henrique Terpins (o último). Foto: Sarkis

 

Vicente Matheus entregando camisa e faixa do Corinthians para uma mulher e Carlos Aymard à direita observando. Foto arquivo ACEESP

 

Vicente Matheus (ex-presidente do Corinthians), Jordão Bruno Saccomani (ex-presidente do Palmeiras) e Carlos Aymard (no canto direito) observando mulher segurando a camisa do Palmeiras. Foto arquivo ACEESP

 

Vicente Matheus (ex-presidente do Corinthians), Jordão Bruno Saccomani (ex-presidente do Palmeiras) e Carlos Aymard segurando a camisa do Palmeiras. Foto arquivo ACEESP

 

Jordão Bruno Saccomani (ex-presidente do Palmeiras), Vicente Matheus (ex-presidente do Palmeiras), Roberto Carmona (em pé) e José Ferreira Pinto. Foto arquivo ACEESP

 

Vicente Matheus (é o terceiro), Carlos Aymard, Nilo (famoso cantor que se apresentou no jantar com a banda) e Jordão Bruno Saccomani (ex-presidente do Palmeiras). Foto arquivo ACEESP

 

Vicente Matheus, Carlos Aymard e Jordão Bruno Saccomani (ex-presidente do Palmeiras). Foto arquivo ACEESP

 

Vicente Matheus (é o quarto) junto com a banda que tocou no jantar. Foto arquivo ACEESP

 

Carlos Aymard, Vicente Matheus (é o quarto), Levi Silva e José Savóia. Foto arquivo ACEESP

 

Carlos Aymard, Laudo Natel, Jordão Bruno Saccomani (ex-presidente do Palmeiras) e Vicente Matheus (ex-presidente do Corinthians) parcialmente encoberto segurando copo. Foto arquivo ACEESP

 

Carlos Aymard, Laudo Natel, Jordão Bruno Saccomani (ex-presidente do Palmeiras) e Vicente Matheus (ex-presidente do Corinthians). Foto arquivo ACEESP

 

Jerônimo Gomes (dono do restaurante Alfama dos Marinheiros), Carlos Aymard, Jordão Bruno Saccomani (ex-presidente do Palmeiras) Laudo Natel e Vicente Matheus (ex-presidente do Corinthians). Foto arquivo ACEESP

 

Festa do 1º Congresso Nacional de Jornalistas Esportivos em 1974. Na segunda fileira em pé, estão Isidoro Matheus (irmão de Vicente Matheus, é o sexto), Otávio Munis (é o oitavo), Mário Campos, Vicente Matheus, Roberto Pasqua, Mauro Pinheiro, Flávio Adauto (é o décimo sexto) e Lédis Gonçalves de Goiânia. Na terceira fila em pé, vemos de perfil, Ricardo Serran (com camisa preta e próximo ao poste que sustenta a tabela de basquete). Na quarta fila em pé, ao fundo, encontramos Márcio Canuto (que à época parecia George Foreman) está de óculos e bigode, exatamente atrás de Mauro Pinheiro

 

Festa do 1º Congresso Nacional de Jornalistas Esportivos em 1974. Isidoro Matheus (irmão de Vicente Matheus) é o primeiro sentado. Em pé, Vicente Matheus (é o oitavo), Lédis Gonçalves de Goiânia (é o décimo primeiro), Flávio Adauto, Mauro Pinheiro (é o décimo sexto), Otávio Munis, Márcio Canuto (é o décimo nono), Roberto Pasqua (vigésimo segundo) e Aroldo Chiorino (é o penúltimo)

 

Festa do 1º Congresso Nacional de Jornalistas Esportivos em 1974. Flávio Adauto (parcialmente encoberto), Isidoro Matheus (irmão de Vicente Matheus na ponta da mesa de costas). Do outro lado da mesa estão Aroldo Chiorino, Vicente Matheus, Mário Campos, Ricardo Serran e Mauro Pinheiro (em pé) falando no microfone

 

Festa do 1º Congresso Nacional de Jornalistas Esportivos em 1974. Flávio Adauto, Mauro Pinheiro (parcialmente encoberto), Vicente Matheus, Mário Campos e Ricardo Serran (é o sexto). De costas estão Isidoro Matheus (irmão de Vicente Matheus) e Paulinho Nogueira (com violão)

 

Festa da "Segunda Noite do Canecão" em 1973. Arthur Vogel é o primeiro sentado (no canto esquerdo da foto). Da esquerda para a direita vemos Marlene Matheus dançando com Vicente Matheus (de costas) e ao lado Otávio Munis dança com esposa

 

Festa da "Segunda Noite do Canecão" em 1973. Vicente Matheus e (à esquerda ao fundo) dançando e Flávio Iazetti também dançando (à frente)

 

Festa da "Segunda Noite do Canecão" em 1973. Marlene Matheus dançando com seu marido Vicente Matheus e (à direita ao fundo) Araken Patuska também dançando

 

Festa da "Segunda Noite do Canecão" em 1973. Da direita para a esquerda sentados à mesa, Marlene Matheus, Vicente Matheus e Milton Camargo

 

Festa da "Segunda Noite do Canecão" em 1973. Vicente Feola, Vicente Matheus, Mauro Pinheiro (com seta amarela), Waldemar Pires (ao centro) e Oswaldo Teixeira Duarte à direita sentados à mesa

 

Festa da "Segunda Noite do Canecão", em 1973. José Trajano, novinho, está segurando a caneca. Carlos Eduardo Leite, o Dudu, é o primeiro à direita. Ao fundo, também à direita, o saudoso Vicente Matheus

 

Vicente Matheus observa a performance do ator convidado

 

Da esquerda para a direita: Eduardo José Farah, Vicente Matheus, Reginaldo Fernandes, Alfredo Metidieri e João Rehder. Foto: Arquivo ACEESP

 

Sentada, aparece Marlene Matheus, seguida por Eduardo José Farah, Reginaldo Fernandes, Vicente Matheus e João Rehder. Foto: Arquivo ACEESP

 

Festa dos 31 anos de confraternização e amizade. Vicente Matheus sendo entrevistado por Loureiro Júnior

 

Festa dos 31 anos de confraternização e amizade. Da direita para a esquerda vemos Vicente Matheus, Mauro Pinheiro e Marlene Matheus

 

Festa dos 31 anos de confraternização e amizade. Mauro Pinheiro, Zé Italiano, Oswaldo Mesquita, mulher não identificada, Marlene Mateus, Vicente Mateus e Ary Silva

 

Em 1993, Vicente Matheus (á esq.) acerta a contratação do atacante Adil.

 

Ao lado do saudoso presidente Vicente Matheus, com a faixa de Campeão Brasileiro de 1990 e a respectiva taça do título

 

Vicente e Marlene Matheus felizes ao lado do também corintiano (e torcedor do Fluminense) Silvio Santos. Foto do livro "Matheus, o Senhor Corinthians", de Marlene Matheus

 

Vicente Matheus sempre deu muita atenção para a imprensa. Abria sua sala para muitos jornalistas e concedia longas e oportunas entrevistas. Aqui, aparece conversando com o saudoso Geraldo Bretas. Foto do livro "Matheus, o Senhor Corinthians", de Marlene Matheus

 

Vicente e Marlene. Os dois sempre amaram o Corinthians. A foto é do acervo de Marlene Matheus e está no livro "Matheus, o Senhor Corinthians", escrito pela própria Marlene e publicado pela editora Leia Sempre

 

O casal Vicente e Marlene Matheus recebe de Sócrates um LP gravado pelo jogador com o ótimo músico Renato Teixeira. Isso mesmo! O Doutor soltou a voz. A foto é do acervo de Marlene Matheus e está no livro "Matheus, o Senhor Corinthians", escrito pela própria Marlene e publicado pela editora Leia Sempre.

 

Alívio, emoção, festa. Depois de quase 23 anos, o Corinthians saía da fila ao conquistar o Paulistão de 1977. Matheus está no vestiário ao lado de seu irmão e fiel escudeiro Isidoro Matheus (de bigode). À esquerda, de óculos, está Mário Campos. Os dois últimos, da esquerda para a direita são o governador Paulo Egydio Martins e Dom Paulo Evaristo Arns. Foto integrante do livro "Matheus, o Senhor Corinthians", escrito por Marlene Matheus

 

Matheus em banquete do Corinthians, na festa de 65 anos do Timão. À direita do ex-presidente está o governador Paulo Egydio Martins e depois a esposa de Matheus, dona Marlene Matheus. Destacado por um círculo, o saudoso Sérgio Terpins. Foto integrante do livro "Matheus, o Senhor Corinthians", escrito por Marlene Matheus

 

O grande presidente corintiano Vicente Matheus conversando no gramado do Parque São Jorge com o saudoso Oswaldo Brandão. Foto integrante do livro "Matheus, o Senhor Corinthians", escrito por Marlene Matheus

 

Matheus em 1959 quando foi eleito pela primeira vez presidente do Corinthians. Foto integrante do livro "Matheus, o Senhor Corinthians", escrito por Marlene Matheus

 

"Corinthians: Nada é mais bonito"

 

Buffet França, São Paulo, 1992: Marlene e Vicente Matheus homenagearam Milton Neves pela frase "Corinthians: Nada é mais bonito". Sentado à mesa está o ex-presidente da Federação Paulista, Eduardo José Farah. O apresentador do evento foi Ney Gonçalves Dias.

 

O ex-presidente do Corinthians Vicente Matheus está à esquerda aplaudindo o querido Jaimão nas dependências do clube "A Hebraica", em 1984, que naquela ocasião recebeu homenagem de Ciro Fontão de Souza, homem importante da história do futsal brasileiro

 

Vicente Matheus, o primeiro à esquerda, ao lado de José Ermírio de Moraes Filho, benemérito corintiano, e o ex-presidente do Brasil João Baptista Figueiredo. Os três, infelizmente, já nos deixaram

 

Da esquerda para a direita temos Luiz Noriega, Orlando Duarte, Manoel Cristino, Walter Abrahão e o ex-presidente do Corinthians Vicente Matheus. Reparem também que já naquele tempo a propaganda estava inserida no contexto das mesas redondas esportivas

 

Festa da "Segunda Noite do Canecão" em 1973. Da esquerda para a direita, o então diretor do São Paulo Carlos Caboclo, Vicente Matheus, Paschoal Walter Byron Giuliano, Waldemar Pires (ao fundo) e Oswaldo Teixeira Duarte (o primeiro, de costas): dos quatro ex-presidentes de Corinthians, Palmeiras e Portuguesa, só Waldemar Pires está vivo

 

Matheus no ano em que o seu Corinthians perdeu a decisão do Paulistão para o Palmeiras. À direita, de camiseta preta, está Yustrich, então técnico do Timão

 

Esta foto é de 1974 e foi tirada em frente ao hotel Floresta, em Poços de Caldas, Minas Gerais, onde o Corinthians estava concentrado. Vicente Matheus é o segundo em pé, da esquerda para a direita. O quarto é Yustrich, à época técnico do Timão. O primeiro, da direita para a esquerda, é o doutor Osmar de Oliveira e o meia Nélson Lopes é o segundo. O oitavo é Zé Maria, o décimo é o goleiro Ado e o 11º é o também arqueiro Rafael Cammarota. O segundo agachado, da direita para a esquerda, é Izidoro Matheus (irmão de Vicente Matheus). Marco Antônio é o sexto e Roberto Rivellino o penúltimo

 

Ou melhor: Peirão e Vicente Matheus

 

Zé Italiano e Matheus no programa "Na Marca do Pênalti"

 

O jornalista e Vicente Matheus sempre se deram muito bem

 

Veja matéria de Vicente Matheus no Mundo Esportivo, publicada em 20 de novembro de 1953. Imagem: Reprodução

 

Foto do túmulo de Vicente Matheus, recebida em 20 de novembro de 2017, pelo internauta Arnaldo Campeão Pontes

 

Em 1989, na sala presidencial do Corinthians, no Parque São Jorge. Foto: Reprodução

 

Vicente Matheus, Donald Trump e Marlene Matheus. Foto: reprodução

 

Em 1979, da esquerda para a direita, o primeiro é Cláudio Mineiro. O terceiro é o então presidente do Corinthians, Vicente Matheus. Por último, Caçapava, recém contratado pelo Timão junto ao Internacional. Foto: História do S.C.Internacional

 

No final da década de 50 e nos anos 80

 

Veja a linda frase de Vicente Matheus, sobre a Fiel

 

Vicente Matheus e Neto. (Foto: Arquivo pessoal)

 

No aeroporto de Viracopos, em Campinas, embarque da delegação do Corinthians para disputar jogo da Libertadores da América de 1977, em Lima, no Peru. Vicente Matheu conversa com o atendente da companhia aérea no "check in" totalmente manual. Depois do presidente alvinegro estão Lance, Vaguinho e o roupeiro Paulo. Foto: arquivo pessoal de Lance

André Rosemberg, Milton e Marlene Matheus em 11 de novembro de 2013, noite de lançamento da biografia de Milton Neves, no Shopping Frei Caneca. Foto: Marcos Júnior/Portal TT

 

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves