PUBLICIDADE
Topo

Fiéis: jogadores que, assim como Nilton Santos, nunca trocaram de time

Milton Neves

16/05/2020 04h00

Nilton Santos, um dos nomes mais fortes da história do futebol brasileiro e mundial, comemoraria hoje 95 anos.

Ah, que pena não termos a possibilidade de prestar essa homenagem ao eterno ídolo botafoguense em vida.

Mas saibam que ele viveu, sim, tempo suficiente para receber as merecidas reverências.

Como a realizada em um Terceiro Tempo do ano de 2002, quando estendi um tapete vermelho para que a "Enciclopédia do Futebol" pudesse desfilar.

Ele, mesmo meio sem jeito, aceitou a sincera homenagem deste apresentador e da equipe de produção do ainda programa da Rede Record.

Em 2002, no 'Terceiro Tempo', Milton entregou um tapete vermelho para a Enciclopédia pisar

Na foto da esquerda para a direita: Emerson Leão, Nilton Santos, Milton Neves e Daniela Freitas

Merecido!

E tem um ponto muito interessante que me chama a atenção na biografia de Nilton Santos: o fato de ele nunca ter trocado o Botafogo por clube algum.

Coisa rara antigamente e praticamente impossível nos dias atuais.

E temos alguns outros casos de jogadores tão fiéis quanto o excelente lateral-esquerdo do Glorioso e da seleção.

Veja abaixo a lista que preparei com alguns deles:

Pepe

O último jogo de Pepe – Santos Futebol Clube

Como diz o hino, a carreira de Pepe nasceu, viveu e no Santos morreu. Foram 15 anos com a camisa do Peixe. Pepe só foi conhecer outros clubes quando se tornou treinador.

 

Waldemar Fiume

O Pai da Bola iniciou sua carreira em 1941 no Palestra Itália e pendurou as chuteiras em 1958, quando o clube já tinha mudado de nome para Palmeiras.

 

Leandro

Existem três coincidências nas biografias de Leandro e de Nilton Santos: os dois eram craques, laterais e jamais trocaram de clube.

 

Rogério Ceni

O grande arqueiro tricolor jogou na base do Sinop, é verdade. Mas, profissionalmente, apenas no São Paulo FC.

 

Marcos

O santo goleiro também teve passagem por outro clube na juventude (Lençoense). Mas, como profissional, vestiu apenas a camisa palmeirense.

 

Altair

Um dos grandes marcadores de Garrincha sempre foi do Fluminense.

 

Carlitos

O maior artilheiro da história do Inter vestiu vermelho durante toda a sua carreira.

 

GRINGOS…

Paolo Maldini

Assim como seu pai, o lendário Cesare Maldini, Paolo também jamais vestiu outra camisa que não a do Milan.

Lev Yashin

O inesquecível Aranha Negra jogou por 20 anos no Dínamo Moscou.

Sepp Maier

Outro grande goleiro que nunca trocou de time. Sempre defendeu o Bayern Munique.

Carles Puyol

O zagueirão do Barcelona, que certa vez quebrou o galho de Denilson Show, fingindo que tinha sido driblado pelo ciscador atacante brasileiro, jogou durante toda a sua carreira no Barcelona.

Ryan Giggs

Giggs chegou a defender o Manchester City durante a juventude. Mas, como profissional, sempre foi do United.

Paul Scholes

Outro jogador que marcou época no United sem nunca ter trocado o clube.

Francesco Totti

O jogador mais bonito que Mauro Beting já viu sempre vestiu a tradicional camisa da Roma.

VESTIRAM OUTRA CAMISA, MAS POR POUQUÍSSIMO TEMPO

Ademir da Guia

O Divino fez apenas 59 jogos pelo Bangu. Em 1962, foi para o Palmeiras, onde jogou até pendurar suas chuteiras, em 1977.

Zito

Zito chegou a jogar pelo Taubaté, no início de carreira. Mas, depois, foi só do Santos.

Luizinho

A rápida passagem pelo Juventus, em 1963, não apagam os 17 anos com a camisa do Timão.

O OPOSTO…

Cláudio Adão

Na contramão dos "fiéis" citados acima, o lendários Cláudio Adão trocou de camisa… 29 vezes! Incrível, não?

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves