PUBLICIDADE
Topo

Zagueiro acreditou que Garrincha 'só era bom no rádio' e se deu mal

Milton Neves

07/05/2020 14h40

Acompanhe no vídeo acima ou no texto abaixo mais um delicioso 'causo' envolvendo Mané Garrincha

Zé Mirto, valente zagueirão da A.A. Machadense de Machado-MG, teve em 1960 a incumbência de "acabar" com Mané Garrincha no inesquecível amistoso entre o time local, com os craques de Alfenas e Areado, e o grande Botafogo.

Zé Mirto ficou apavorado.

Delega, seu treinador, prontamente tratou de tranquilizá-lo.

"Zé Mirto, é o seguinte: o Garrincha só é bom no rádio. Os speakers aumentam, inventam. Eu fui na semana passada ver o esquema tático deles lá no Rio e o lateral do Bonsucesso não deixou o Mané pegar na bola. Você vai fazer o mesmo porque Garrincha só sabe fazer duas coisas: sair pela direita ou esquerda. Então é fácil: você para diante dele e, quando o Mané sair pela direita, você 'tchan' e prensa a bola. E bola prensada é da defesa", explicou.

Ao que Zé Mirto perguntou: "E se ele sair pela esquerda?".

"Aí você faz o mesmo, dá um 'tchan', prensa a bola e você vai se consagrar, certo?"

"Certo, fessô!".

O primeiro tempo termina com o placar "apertado" de Botafogo 5 x 0 Machadense, cinco gols do centroavante Genivaldo em cruzamentos de Mané.

À saída do campo, treinador e repórteres perguntaram a Zé Mirto o que houve.

Ele explica: "O fessô garantiu que o Garrincha só saía pra direita ou pra esquerda, eu fiquei esperando, mas ele 'ataia'… Aí não dá memo!", justificou, dando de ombros.

Em pé, da esquerda para a direita: Jorge, Manga, Cacá, Zé Maria, Pampolini e Chicão. Agachados: Garrincha, Didi, Genivaldo, Quarentinha e Zagallo. Os cariocas venceram a Machadense por 7 a 1. E veja os barrancos lotados! É que não cabia mais ninguém nas modestas arquibancadas do estádio da cidade!

Zagallo e Puskas, em foto tirada por ocasião da visita do Botafogo à cidade de Machado-MG em 1960. E veja os barrancos lotados! É que não cabia mais ninguém nas modestas arquibancadas do estádio da cidade!

Em pé, da esquerda para a direita: Garrincha, Zé Milton, Didi e Pedroso. Agachados: Zagallo, menino Aldo Garcia e Puskas. A foto foi tirada em 6 de novembro de 1960, quando o Botafogo levou seus craques campeões mundiais para jogar no sul de Minas. E veja os barrancos lotados! É que não cabia mais ninguém nas modestas arquibancadas do estádio da cidade!

Da esquerda para a direita: Zagallo, Armando Nogueira, Garrincha, o fotógrafo João Piedade (de Três Pontas-MG, pai de Fábio Zambeli, fiel internauta de Milton Neves) e Didi. Em 1958, os cariocas foram ao sul de Minas, jogaram contra a Machadense e venceram a partida por 7 a 1. Emocionaram o barranco lotado do pequeno estádio de Machado-MG, as pernas finas e as meias enroladas de Zagallo, a camisa desbotada e as pernas tortas de Mané, o gramado pífio, o esparadrapo no joelho de Didi e os dois famosos jornalistas, tão jovens com suas máquinas fotográficas a tiracolo

Diango, Garrincha e Puskas. Em 6 de novembro de 1960, o Fogão fez 7 a 1 na Esportiva de Machado-MG. E veja os barrancos lotados! É que não cabia mais ninguém nas modestas arquibancadas do estádio da cidade!

Opine! 

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves