PUBLICIDADE
Topo

Empresário ajudou outros ex-atletas, mas nenhum teve a garra de João Marcos

Milton Neves

03/04/2020 04h00

João Marcos (dir.) e Reinaldo Henrique Moreira, seu "anjo da guarda"

Em 2009, quando ouviu no "Domingo Esportivo" da Rádio Bandeirantes o ex-goleiro João Marcos, falecido na última quinta-feira (2), pedindo ajuda para se salvar do alcoolismo, o empresário Reinaldo Henrique Moreira não teve dúvidas: ligou para a equipe da Band e estendeu a mão ao ex-atleta.

Ele fez um pronunciamento na Rádio Bandeirantes, no 'Domingo Esportivo', e na hora eu liguei e me comprometi a ajudar. Fui até a casa dele, conversamos e ele aceitou ser internado. Peguei ele de carro e fomos para a clínica em Mogi das Cruzes. O João fez um tratamento, mas ele já tinha alguns problemas no esôfago, esse que tirou a vida dele, pelo abuso do álcool. Então ele precisou encurtar o tempo na clínica, porque esses lugares geralmente são afastados das cidades e dos hospitais. E, mesmo em Botucatu-SP, ele seguiu o tratamento. E desde então se formou uma amizade muito grande entre a gente. A gente se chamava de irmão".

Reinaldo revela que já ajudou alguns outros ex-jogadores, mas poucos tiveram a determinação do ex-arqueiro do Palmeiras.

Eu já tinha feito isso com alguns ex-jogadores, como Walter Zum-Zum (ex-São Paulo), Marinho Chagas (ex-Botafogo, São Paulo e seleção), entre outros. Esses, infelizmente, não tiveram a força de vontade do João Marcos. Foi uma determinação absurda. João era uma pessoa admirável. Ele chegou na clínica com os dias contados, mas ainda conseguiu viver 11 anos. Ele foi um vencedor".

O empresário se emocionou a lembrar dos últimos meses de vida de João Marcos.

E o João estava feliz da vida. Ele estava trabalhando em três empregos nos últimos tempos e, em dezembro, conseguiu comprar o primeiro carro zero da sua vida. Não deu para curtir tanto o carrinho, mas a felicidade que ele deve ter tido ao tirar esse carro da concessionária, com o dinheirinho suado dele, depois de tudo que passou, deve ter sido uma sensação indescritível. E que bom que ele chegou a viver tudo isso".

Reinaldo Henrique Moreira comentou também o exemplo que o ex-goleiro deixou para as pessoas que lutam contra um vício tão devastador quanto o que ele venceu.

O legado que ele deixa é o exemplo de homem que ele foi. Quando ele se sentiu numa posição que ninguém acreditava mais em uma reversão, e quando foi estendido uma mão para ele, ele se agarrou nessa mão e deu a volta por cima. Um exemplo de ser humano. Era capaz de tirar a camisa dele para dar para outra pessoa. Uma grande perda, mas ele conseguiu deixar um legado muito bonito. Um exemplo de superação, sem sombra de dúvida".

Abaixo, ouça a última entrevista de João Marcos, concedida a Milton Neves no programa "Domingo Esportivo Bandeirantes" do dia 8 de dezembro de 2019:

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A CARREIRA DE JOÃO MARCOS NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves