PUBLICIDADE
Topo

Senna melhor que Schumacher? Não sei não...

Milton Neves

21/03/2020 12h00

Foto: Divulgação

Neste 21 de março, Ayrton Senna completaria 60 anos.

O brasileiro, tricampeão mundial de Fórmula 1 (1988, 1990 e 1991), certamente poderia ter levantando muitos troféus por vitórias, feito mais poles e, possivelmente, ter sido campeão outras vezes, não fosse aquele fatídico 1º de maio de 1994, na maldita Tamburello.

O "se" não existe, claro.

Mas, não custa projetar o que teria sido a carreira do piloto brasileiro,  caso ele tivesse levantado de sua Williams-Renault depois do choque contra o muro no GP de San Marino, em Imola.

Com Alain Prost aposentado, o alemão Michael Schumacher, então uma estrela ascendente, teria sido seu maior rival.

Eles já disputavam palmo a palmo cada metro de pista, e o alemão venceu vários duelos contra o brasileiro.

Em 1992, por exemplo, Schumacher (com Benetton-Ford V8) terminou a temporada à frente de Senna (McLaren-Honda V12), 53 pontos a 50 a favor do alemão.

Em 1993, Senna (McLaren-Ford V8) foi melhor,  terminou como vice-campeão com 72 pontos, contra 53 de Schumacher (Benetton-Ford V8), que fechou a temporada em quarto.

Em 1994, sem contar o terceiro GP, o de San Marino,  Schumacher venceu os dois primeiros (Brasil e Pacífico) e Senna não pontuou.

Vale lembrar que Damon Hill, infinitamente inferior a Senna, foi campeão do mundo em 1996 derrotando seu então companheiro de equipe na Williams, Jacques Villeneuve, e o próprio Schumacher.

Era um título que Senna ganharia com "um pé nas costas".

Talvez tivesse vencido Schumacher ainda em 1994 e 1995.

Ou seja, pela Williams, tinha chances de "abiscoitar" mais três campeonatos.

Não foi…

Schumacher, que lamentavelmente está isolado após o acidente que sofreu esquiando na França, foi sete vezes campeão, e logo poderá ter este recorde igualado por Lewis Hamilton.

É bom lembrar que Alain Prost, contemporâneo de Senna, foi tetracampeão de Fórmula 1.

Então, não custa perguntar:

Afinal, Ayrton Senna foi mesmo o melhor piloto de Fórmula 1 de todos os tempos?

Ou Schumacher foi superior?

E Hamilton e Prost, que ganharam mais títulos que Senna?

Também não dá para esquecer de Juan Manuel Fangio, Jim Clark, Niki Lauda, Fernando Alonso e Sebastian Vettel.

E não custa lembrar que o vascaíno Nelson Piquet ganhou o mesmo número de títulos que o corintiano Ayrton Senna…

E, cada título de Piquet, com motores diferentes: Ford (na Brabham, em 1981); BMW (na Brabham, em 1983) e Honda (na Williams, em 1987). Os três títulos de Senna foram conquistados sempre com motores Honda, na McLaren.

Aos fãs de Senna (também sou), um recado: não fiquem bravos, eu apenas tenho minhas dúvidas…

E você?

OPINE!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves