PUBLICIDADE
Topo

Corinthians, a maior decepção do futebol em 2020! E chega de bola rolando

Milton Neves

15/03/2020 18h10

Luan e Gonzales comemoram gol de empate do Timão. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians

Corinthians 1 x 1 Ituano

Estou muito triste com o meu Corinthians, amigos. Afinal, eu amo tanto… "É nóis, vai Corintchaaaa", não me canso de repetir diariamente.

Brincadeira, claro, como sempre fiz com o Timão. Apenas para descontrair porque preciso dizer que esse ano o corintiano está sofrendo.

Difícil encontrar algo de positivo no trabalho do, até então muito bom, Tiago Nunes.

No empate sofrível por um a um com o Ituano o que se viu foi um time irreconhecível, longe de ser Corinthians.

Sem alternativa, sem imposição técnica ou física, sem nada.

Antes era "não dá na técnica, vai na raça". Mas a cadê a raça?

Nem mesmo Cássio, o gigante, grande goleiro e ser humano, tem se destacado, pelo contrário. Falhou no gol do time do interior.

Foi o sexto jogo do time no Paulistão sem vitória.

Não teve torcida, por causa da propagação do coronavírus, mas não também não teve futebol.

Um papelão!

Agora a pressão aumenta para o jovem treinador Tiago Nunes.

Saudade de Carille e Mano Menezes.

Afinal, o Corinthians é a grande decepção do futebol brasileiro entre os times que disputam a Série-A

Concorda?

Botafogo 1 x 1 Bangu

O japonês Honda chegou para fazer diferença.

Fez o primeiro gol dele com a camisa do Fogão no empate com o Bangu.

Pena, que, dentro de campo, só ele se destacou.

Cruzeiro 0 x 1 Coimbra

Pior que o Corinthians em 2020, só o Cruzeiro.

Vai justificando assim o motivo de estar na Série-B.

Depois do jogo, Adílson Batista foi demitido. E você vai perguntar: "Ué, mas já não tinha sido mandado embora no meio da semana?"

Tinha, mas depois não foi mais… mas agora foi de verdade.

Entenderam, né?

E isso explica muita coisa sobre o Cruzeiro!

CBF SUSPENDE COMPETIÇÕES

Eu tenho falado e repetido insistentemente para que parem com os campeonatos pelo Brasil.

Não dá mais, gente!

A saúde é muito mais relevante, afinal "o futebol é a coisa mais importante entre as menos importantes", já dizia o italiano Arrigo Sacchi.

A CBF determinou a paralisação das competições nacionais, como a Copa do Brasil.

Agora espero que as federações estaduais façam o mesmo com os torneios locais.

E vamos fazer todas as defesas, com grandes pontes, necessárias para evitar que o gol contra chamado coronavírus continue rondando nossa área!

OPINE!

 

 

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves