PUBLICIDADE
Topo

Futebol, a coisa mais importante dentre as menos importantes, tem que parar

Milton Neves

12/03/2020 13h52

Estádio do PSG vazio antes da partida contra o Dortmund, pela Liga dos Campeões. FOTO: UEFA

"O futebol é a coisa mais importante dentre as coisas menos importantes", ensinou há tempos o italiano Arrigo Sacchi, em uma das mais felizes frases da história.

E nela que temos que nos basear daqui para frente, diante desta pandemia do novo Coronavírus.

A cartolada cabeça dura tem que parar de pensar no bolso e cancelar os eventos esportivos dos próximos dias e talvez meses urgentemente!

Libertadores (a Conmebol acertadamente já suspendeu as partidas), Copa do Brasil, Estaduais e o que mais for preciso.

E, claro, nos outros esportes e eventos também, como shows, peças de teatro…

O momento é de união, informação e prevenção!

Desde janeiro eu estou "avisando", por puro "feeling", que o potencial de causar problemas desse maldito vírus era grande.

Chega de "gripe mata mais" ou de "só um resfriadinho" …

E é importante nesse momento de crise e alarde pelos comunicadores: evitem a lacração!

É fundamental passar a informação objetiva do tamanho da crise mundial e não ficar dando cutucadinhas inócuas.

O vírus atinge a todos de igual maneira.

Responsabilidade, pessoal!

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves