PUBLICIDADE
Topo

Polêmica grama sintética matou o morrinho artilheiro!

Milton Neves

17/02/2020 12h21

Foto: Facebook/Allianz Parque

Começou lá no Paraná, com o moderno Athletico-PR, que cansou de sofrer com o péssimo gramado da Arena da Baixada.

No começo, os boleiros chegaram a chiar, mas, com o tempo, foram se acostumando e até gostando.

E a ideia passou a ser tão bem aceita que agora até mesmo o Palmeiras, principal clube do Brasil na atualidade ao lado do Flamengo, adotou em seu Allianz Parque o gramado artificial.

E é um caminho sem volta, pessoal.

É a evolução do futebol.

A grama sintética vai pegar tanto quanto o necessário VAR.

Mas, claro, meu lado saudosista fica um pouco triste com essa inovação.

É que vocês já pararam para pensar que a grama sintética vai acabar matando o… morrinho artilheiro?

Milhares de gols deixarão de sair por falta deste artifício tão odiado pelos arqueiros.

Ah, mas a grama sintética não será instalada em apenas um estádio do mundo: na Arena Corinthians.

É que, há tempos, fiz uma promessa.

Quando eu morrer, serei cremado e minhas cinzas serão jogadas no Itaquerão.

Lá, serei morrinho artilheiro sempre no campo de defesa do Corinthians, atrapalhando os goleiros alvinegros.

Quando a bola vier, "tuque", de cabeça, marcarei para o time visitante.

Esse será o meu "legado de gratidão" ao Corinthians.

Afinal de contas, não "sesse" o Timão (netamente falando), eu estava "afunhanhado".

Mas e você, amigo internauta, o que pensa sobre o gramado sintético?

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves