PUBLICIDADE
Topo

Quem fala demais...! As gafes que 'queimaram' personagens do futebol

Milton Neves

25/01/2020 04h00

Abel Braga, além de grande treinador, é um cara de caráter ímpar.

O meu amigo desde os tempos de "SuperTécnico" é figura rara no meio do futebol.

Mas, assim como todo mundo, também comete seus erros.

E errou feio nesta semana, ao não escalar o Vasco titular contra a boa garotada do Flamengo.

Mas o pior mesmo foi na coletiva…

Hoje foi lindo, cara. Os garotos tentaram, mas teve uma hora que não deu. O termo é esse: amassamos. Fizemos 30 minutos surpreendentes. Eles estavam nos dando a bola. Mas não conseguimos marcar o gol. Foi surpreendente nosso início

A declaração após a derrota, claro, acabou "queimando" o treinador com os cruzmaltinos.

Alguns até já começaram a pedir a cabeça do treinador…

Mas, claro, Abel não foi o primeiro a conceder uma entrevista desastrosa que pegou mal com o empregador, com companheiros, com a torcida etc.

Confira na lista abaixo algumas declarações que certamente causaram muitos arrependimentos por aí:

Era um Mundialito. Mas, sinceramente, muitos jogadores do nosso time ficavam acordados até as 5h, 6h. O pessoal não dormiu, muitos vieram a passeio

(Roberto Carlos, assim que assinou com o Corinthians, se referindo ao "Mundial" de 2000. Será que ele já começou bem com a Fiel?)

Às vezes é preciso dar um passo para trás para depois dar outro para frente na carreira

(Thiago Neves, em 2009, quando voltou do futebol alemão para o Fluminense.)

Acho que não vou enfrentar rejeição. A cada dia, a torcida vai esquecer que passei pelo São Paulo. Venho para jogar no Corinthians Futebol Clube

(Essa é de 2005, do lateral Gustavo Nery, que acabou errando o nome do Sport Club Corinthians Paulista.)

Os homens não têm tanto isso, tem uma discussão ou outra mas são raros os casos, as mulheres é com frequência, quando elas estão nervosas a frequência é maior. Às vezes é um pouco mais difícil acalmar as mulheres naqueles momentos do que os homens, que é um pouco mais fácil

(Vadão, em 2019, quando treinava a seleção brasileira… feminina!)

Se Vasco cair, me mudo para a Sibéria

(Em 2015, Eurico Miranda, presidente do Vasco, deu essa declaração. E o Cruzmaltino caiu! Queimou a língua…)

Quem é Tevez

(Pergunta de Márcio Braga, então presidente do Flamengo, antes de um Fla x Corinthians em 2005. O Timão ganhou por 3 a 1 com dois gols de… Tevez!)

O Palmeiras não é a Marinha para saber de barco

(Roberto Frizzo, vice-presidente de futebol do Palmeiras em 2012, falando sobre o interesse do Verdão em Hernán Barcos. O atacante argentino chegou ao Palestra dias mais tarde, chateado com o cartola.)

Minha multa é mínima porque não tenho intenção de deixar o Corinthians antes do fim do meu contrato de um ano. Por isso, assinei com a Sociedade Esportiva Corinthians e não com a MSI

(Amoroso, em 2006, assim como Gustavo Nery, também confundiu o nome do Timão…)

A defesa do Inter é uma das melhores do mundo. Mas estou preparado, sei da responsabilidade que vai ser, mas procuro durante o treinamento desempenhar um bom rendimento

(Paulo Miranda, em 2018, sendo apresentado no… Grêmio!)

Eu também, claro, já cometi as minhas falhas.

Em 2004, apresentando festa dos 95 anos do Internacional, lá em Porto Alegre, chamei Falcão ao palco da seguinte forma:

Suba aqui, Rei de Roma, o único gaúcho-catarinense do mundo que tem sangue… azul!

Levei a maior vaia de minha vida de tanta gente vermelha que odeia o azul do Grêmio.

Mas e você, amigo internauta, recorda outras gafes semelhantes?

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Blog do Milton Neves