Topo
Blog do Milton Neves

Blog do Milton Neves

Tite, o Jassa da seleção!

Milton Neves

16/08/2019 17h00

Foto: Divulgação/CBF

O Jassa é o mais famoso cabelereiro do Brasil.

Corta, penteia, pinta e passa a mão no cabelo do Silvio Santos quatro vezes por semana.

Eu também vou ao salão do "Jassenildo", uma vez por mês.

Dizem até as más línguas que o nordestino tão vencedor é o "Diretor Artístico Informal do SBT".

Fofoca, maldade.

Como no nosso mundinho do futebol estamos vivendo desde a manhã desta sexta-feira (16) uma grande sacanagem com o goleiro Ivan, da Ponte Preta.

Mesmo com seu "tipo sanguíneo AAPP", notável, raro e histórico desde Moises Lucarelli, desconfia-se da convocação de Ivan na base do "esse tem o melhor empresário do mundo".

Mentira, Tite não é desonesto, muitíssimo pelo contrário e Ivan é ótimo goleiro.

Tite, homem reto, bem-criado e sempre confiável.

Mesmo sendo o mais chato treinador de futebol em suas modorrentas coletivas.

Tite empata em chatice com "Neymar ojeriza mundial".

Mas, senhor Tite, até quando você vai proteger, "puxar o saco" e passar a mão na cabeça e no cabelo horroroso do Neymar?

Carreirismo puro ou presente de ouro dos céus para o craque menino-problema?

Na Copa você levou Paulinho (argth!), Fagner e Renato Augusto em "convocações-gratidão" pelos títulos da Libertadores e do Mundial do Corinthians.

Não foi, Tite?

E agora você chama o Neymar sem time, sem treino, sem gols, sem jogo, sem bola e com condição física indefinida ou secreta?

E para duas peladas?

Foi uma "convocação oportuna" ou "convocação finalmente notícia boa" para o menino maluquinho?

Mas, vamos combinar, ninguém pode ser contra se convocar o Neymar, o único craque, mas craque mesmo que temos.

Eu o convocaria até quando ele chegasse aos 38 anos!

Mas tudo tem sua hora.

E, neste momento, o caneiro da Vila, da Catalunha e de Paris merecia uma convocação muito menos do que o… Deyverson!!!

Ou que o Gustagol, o Rodrigão do Coxa e até o Cueva e o Borja, fossem brasileiros.

Pegou mal, mas por carreirismo explicito de um treinador refém de uma estrela, nunca por interesses escusos tão denunciados no mundo.

Ora, Tite, Você não ganhou a meia-boca da Copa América sem Neymar?

E agora o leva às cegas em "convocação-cirúrgica" em momento tão crucial para as intrincadas negociações para o futuro do mimadinho-craque?

Esperasse o desfecho natural lá na Europa, que será como seria favorável ao "Banco Staff Neymar Pai & Filho" de novo em terras catalãs ou espanholas.

Com certeza os dois adoraram o seu presente espontâneo, mas o seu empurrão foi cirúrgico.

Tite, Tite, troque suas folhas, mas nunca perca suas raízes, mesmo mudando suas opiniões e sem jamais perder seus princípios.

Afinal, você é treinador de futebol e líder da seleção, e não o novo Jassa ou um cabelereiro de jogador.

Então, por que tanto passar a mão na cabeça deslumbrada de um craque-problema?

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Mais Blog do Milton Neves