Topo
Blog do Milton Neves

Blog do Milton Neves

Palmas para o valente Galo e para o VAR!

Milton Neves

17/07/2019 21h34

Foto: Bruno Cantini / Atlético

Atlético-MG 2 x 0 Cruzeiro

Eu sempre falo para vocês, em todas as minhas tribunas, que é um grande erro duvidar no Clube Atlético Mineiro.

E disse também, na semana passada, que a vaga para as semifinais da Copa do Brasil não estava nada definida.

Poxa, e faltou tão pouco ao bravo e valente Galo.

Só um golzinho…

Bom, mas o Maior de Minas está de parabéns e merece aplausos.

Não se entregou, "apequenou" o Cruzeiro no Horto e fez uma de suas melhores partidas no ano.

E o Cruzeiro também merece os parabéns pela vaga, mas não tinha o direito de jogar tão pouco no duelo de volta contra seu maior rival.

Escapou de um castigo ENORME por muito pouco.

Mas qual o motivo das palmas para ao VAR, que citei na manchete deste post?

É que o árbitro de vídeo corrigiu uma falha gravíssima de Flavio Rodrigues de Souza, o homem do apito.

Aos 18 minutos do segundo tempo, Pedro Rocha balançou as redes e empatou o duelo em um lance que contou com belíssima colaboração de Victor (pô, Victor, até quando você viverá daquele pênalti do Riascos?).

Mas, aí, graças ao excelente VAR, o que era 1 a 1 voltou a ser 1 a 0 com uma falta perigosíssima para o Atlético cobrar.

Por essas e outras que sou um ferrenho defensor do árbitro de vídeo.

Bahia 0 x 1 Grêmio

E que zebraça no duelo de tricolores lá em Salvador.

O bom Bahia de Roger Machado tinha tudo para avançar, mas deu sopa para o azar e acabou perdendo para o cambaleante Grêmio.

Mas, pelo andar da carruagem, o Imortal não chegará à final, não!

Opine!

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

Mais Blog do Milton Neves