PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Blog do Milton Neves

A minha seleção do Brasileirão-2015! O que acha dos meus eleitos? Faça a sua também!

Milton Neves

05/12/2015 10h07

mn tec

Goleiro: Cássio.

O arqueiro do Corinthians foi fundamental para que o campeão brasileiro terminasse a competição com a defesa menos vazada. Além disso, de acordo com o jornalista Mauro Beting, Cássio merecia também o prêmio de atleta mais bonito do campeonato. Aí eu já não sei se concordo…

Lateral-direito: Apodi.

O lateral voador da Chapecoense virou ponta "The Flash", tão rápido quanto Valdeir e Búfalo Gil de outros tempos! Apodi goleia até Daniel Alves, que tem mais fama do que bola. Alô, Dunga! Apodi já na seleção!

Zagueiro: Gil.

Ele não só foi o melhor zagueiro do campeonato, como é hoje o melhor zagueiro do futebol brasileiro. Não à toa está conquistando a vaga deixada por David Luiz na seleção brasileira.

Zagueiro: Leonardo Silva.

Não deu para o Galo na briga pelo título, mas Leonardo Silva jogou muita bola neste Brasileirão.

Lateral-esquerdo: Zé Roberto.

Quem duvidava do veterano e vitorioso Zé Roberto acabou queimando a língua. Mesmo fora de posição, o jogador palmeirense fez um belíssimo Brasileiro e ainda acabou conquistando a Copa do Brasil.

Volante: Leandro Donizete.

Às vezes ele exagera um pouco na força, mas como é bom ver a garra demonstrada por Leandro Donizete durante os jogos.

Meia: Jadson.

Definitivamente, na troca entre Pato e Jadson, quem se deu melhor foi o Timão. Afinal, o meia foi fundamental para o hexa corintiano e disputará a Libertadores-2016, enquanto o atacante, que até deu umas ciscadas no São Paulo, deverá ser negociado com algum time pequeno da Europa.

Meia: Renato Augusto.

Disse para ele uma vez: "Se você parar de se machucar, vira titular da seleção rapidinho". E não deu outra. Belíssimo Brasileiro de Renato Augusto, craque da competição e que já está se firmando na equipe de Dunga nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Meia: Lucas Lima.

No final do campeonato, até que ele teve uma queda de rendimento. Mas o que jogou bola este garoto no primeiro semestre, hein? Outro que merecidamente está conquistando seu espaço na seleção.

Atacante: Ricardo Oliveira.

Apesar de toda a zoação dos palmeirenses após a final da Copa do Brasil, Ricardo Oliveira foi, sim, o melhor atacante do Brasileirão-2015. E isso aos 35 anos de idade. Que ele siga no Santos passando toda a sua experiência para a nova geração que está pintando na Vila Belmiro.

Atacante: Lucas Pratto.

O atacante do Galo também fez um ótimo Brasileirão, apesar de não ter conquistado o título. E, além disso, Pratto tem o espírito da Libertadores e deverá render bons frutos para o Atlético na competição em 2016.

Técnico: Tite.

Falar de Tite é chover no molhado. Só espero que no ano que vem ele deixe de pegar no meu pé quando eu falar sobre os "raros" erros de arbitragem que favorecem o Corinthians.

Revelação: Malcom.

Gabriel Jesus também não foi mal, mas Malcom foi titular do time campeão e jogando muito bem. Tem muito futuro a jóia alvinegra.

E então, o que achou dos meus eleitos?

Eleja a sua seleção também!

Opine!

Imagem: Túlio Nassif/Portal TT

Sobre o autor

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.